Atendimento online via chat
Atendimento: (11) 2559-7070
Distribuidora de Carimbos

Muitas bolhas no polímero

Terminei de fazer o carimbo, mas ficou cheio de bolhas e algumas letras falham. Por que isso acontece? Como resolver? Devo trocar de polímero?

Causa comum

Bolhas no polímero são causadas por excesso de ar dentro do produto. Essas bolhas são formadas por ação da temperatura e umidade do ar, entre outras razões.

Este problema pode ser frequente durante o inverno por conta das baixas temperaturas ou, não muito comum, ambientes com ar condicionado.

Como resolver

Aconselha-se a utilizar uma bisnaga plástica para manusear o polímero que também ajudará a evitar o desperdício do produto. Também se recomenda o aquecimento do produto através de estufa ou mais popularmente, através de “banho maria” que consiste em colocar o frasco do polímero em um recipiente com água quente. Isso diminuirá sensivelmente quantidade de bolhas, tornando o produto mais líquido.

Macete

Você pode eliminar as bolhas utilizando um palito de dente ou até mesmo uma agulha. Seja paciente e procure evitar bolhas na hora de derramar o polímero que resultara numa borracha em relevo – o carimbo final.

Não tenha medo. Teste! 😉

Se ainda tiver problemas com bolhas, por favor, comente aqui abaixo.


Você pode querer comprar:

12 comentários sobre “Muitas bolhas no polímero

  1. Bom dia
    Estou no ramo de carimbos a mais de 15 anos. Se possivel me esclareça o seguinte:
    Alguma objeção em aquecer polímero no micro-ondas? qual seria a temperatura ideal para o processamento? Tenho observado que a exposição utilizada tem sofrido variações, e tendo que repetí-las com freqência. grt.

    1. Sr. Vado.
      Agradecemos o seu contato com a CARBRINK.
      Em relação a aquecer o polimero em micro ondas, acredito que não seja o mais indicado, tendo em vista que o aparelho
      poderá cozinhar o polímero. Acredito que o certo, seria o senhor se utilizar de estufas com aquecimento prévio já calculado e específico para polimero.

  2. Ulysses,Bom dia.
    Gostaria de participar desta aula para tirar algumas dúvidas, uma delas seria que as letras ficam um pouco espessas e ilegíveis,pois tem letras que não dá para deixar mais finas no corel .
    Um abraço!
    Sakai

    1. Márcio.

      Bom dia.

      Estaremos a sua disposição para uma aula pratica. Você deverá me contatar através do telefone 11-2559-7070/7074, para agendarmos o dia de sua visita a nossa fabrica. As aulas são ministradas todas sextas-feiras das 09H00M as 11H00M.

  3. Ulysses boa tarde, lhe agradeço pela atenção e retorno de minha pergunta. mais uma vez muito obrigado. Continue prestando esses valorosos esclarecimentos. Um abraço.

  4. Olha, com relação a formação de bolhas é praticamente inevitável na hora de deposita-lo. Para elimina-las eu uso uma mangueirinha com uma caneta sem a carga de tinta adaptada na extremidade e conecto numa dessas bonbas de aquário (pede ser da mais simples mesmo). Depois é só direcionar o ar em cima da bolha sem encostar no polimero até que ela se desfaça. É bem mais prático.
    Um abraço!

    1. Dario.
      Realmente a solução da bomba de aquário ligada a uma mangueira substitui qualquer tipo de compressor que possa vir instalados
      nas máquinas que aumentam o valor das máquinas. Uma outra solução extremamente eficaz e aquecer o tubo de polímero no chamado
      “banho maria” que torna o polímero mais maleável e fácil de ser manuseado.

    2. Sr. Geraldo.

      Agradecemos o seu contato com a Carbrink.
      Em relação ao seu questionamento, desejo ressaltar que o polímero geralmente criar bolhas de ar,
      em virtude de sua grande densidade, em especial em dias de frio. O senhor poderá diminuir a quantidade
      de bolhas, se pré aquecer o polímero, tipo “banho Maria” como se estivesse esquentando uma mamadeira de bebê,
      inclusive o senhor vai perceber que será muito mais fácil manusear o produto.
      Estando a sua inteira disposição para qualquer eventual novo esclarecimento.

  5. Por favor tenho uma maquina de polimero, porem a mais de 1 ano comprei fiz alguns carimbos porem desanimei , não estava ficando como gostaria que ficasse, achei que fosse o polimero, que veio de brinde….

    quero retornar, e pesquisando achei seu blog, vou tentar novamente.

    pode me indicar alguma marca de polimero que tenho um serviço melhor acabado.

    Fico no aguardo de uma resposta.

    Att Arlindo

    1. Arlindo.
      Agradeço o seu contato com a Carbrink.
      A fabricação de carimbos não é algo complexo, embora exista a necessidade de certos cuidados nas pequenas etapas de fabricação. O segredo e a arte impressa, ou seja, a qualidade do carimbo vai depender muito da qualidade da sua arte.
      Caso você esteja em S.Paulo – Capital, convido-lhe a participar de uma aula em nossa fabrica, sempre nas terças ou quintas feiras, das 08 a 12 horas, onde você poderá dissipar toda e qualquer duvida, independentemente de teer ou não comprado nossas processadoras. Vale ressaltar que haverá necessidade de agendamento prévio para participar dessa aula. Entre em contato – 11-2559-7074 – Ulysses – Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Televendas (11) 2559-7070

Representantes comerciais

Horário de atendimento de Segunda a Sexta, das 8h às 17h